PORTES GRÁTIS

Era uma vez uma ervilha que vivia num canto da cozinha da avó. Ficara esquecida, num prato quase vazio e sentia-se velha, dura e sozinha.

– Se é para ficar aqui quieta e aborrecida, mais vale ser engolida! –

Entra com ela nesta aventura, agarra-te ao bolo alimentar e fica a saber o que o gigante Fígado anda a preparar! É uma história divertida com um final surpreendente!

Pedro Seromenho e Patrícia Figueiredo